Indústria do acrílico

Máquinas de corte a laser e
dobradeiras mudam a cara do setor

De acordo com o Instituto Nacional para o Desenvolvimento do Acrílico, INDAC, existem mais de 500 máquinas para corte a laser de chapas acrílicas no mercado brasileiro. “Temos associados que são responsáveis por trazer e desenvolver novas tecnologias para esse segmento. Com isso, o Brasil segue no mesmo patamar das tendências mundiais de maquinário para corte a laser”, diz Fábio Fiasco, presidente do Instituto.

Ele ainda explica que atualmente existem dois métodos muito eficientes de corte. Um é o sistema de corte tipo CNS (controle numérico computadorizado – tipo “ROUTER”) e o outro o corte a laser.
O sistema de manufatura tipo “Router” é um equipamento simples de operar, com uma boa relação de custo / benefício. Este processo necessita de retrabalho de lixamento e polimento nas bordas para melhor apresentação das peças trabalhadas.

Este é um sistema que chegou ao Brasil apenas na década de 90 por meio de importação, mas em 1999 um empresário brasileiro decidiu produzi-lá aqui: Vitor Ciola. Hoje a empresa brasileira que leva o mesmo nome do proprietário já desenvolveu diversas linhas desse equipamento e cada vez mais modernas. O último lançamento é a Linha Scriba que atende os mercados moveleiro, aeronáutico e diversos outros segmentos.

SAIBA MAIS:
Data: 03/09/12
Veiculo: Difundir
Link da Matéria: http://www.difundir.com.br/site/c_mostra_release.php?emp=2982&num_release=79041&ori=H

0 Comments

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>